04/11/2017

,

'Eu nunca vou cantar sobre recalque, inimigas e competição', afirma Iza

Foto: Reprodução
Iza é um dos nomes mais comentados no universo pop brasileiro nos últimos meses, a carioca de voz potente, que atualmente divide os vocais da música "pesadão" com Marcelo Falcão, está em ascensão, construindo seu espaço, e claro, ganhando muitos admiradores por onde passa.
Com apenas 26 anos de idade, Iza veste uma camisa muito importante para levar reflexão ao seu público, a do feminismo:

" Ser mulher é difícil pra caramba, a gente tem que pensar 15 vezes na roupa que vai sair de casa, e não é por questão nossa, é por segurança. Eu não sei o que eu vou encontrar na rua, sabe? Tudo aquilo que eu faço, está sempre condicionado como o outro vai reagir a mim. A gente sempre tem que estar pensando muito antes de falar alguma coisa, porque se você é uma pessoa decidida você é mandona, se você é uma chefe você é um saco, está de TPM, é muito difícil", desabafa.


E ao analisar os tipos de músicas que estão fazendo sucesso há algum tempo, batendo na tecla de rivalidade feminina, Iza também possui a sua opinião sobre o assunto:

" Quando outras mulheres cantam para outras mulheres sobre recalque, competição, inimigas, isso só piora. Eu posso assegurar, acho que todo artista está em construção e todo artista evolui, mas essa é uma coisa que eu nunca vou cantar, porque machuca, é cruel demais", analisa.

Top Ad 728x90