31/10/2017

'Contei para a minha mãe que era gay aos 15 anos', afirma Pabllo Vittar

Foto: Reprodução

Pabllo Vittar se considera um homem gay e drag queen, e esses dois fatores são suficientes para que o menino nascido no Maranhão viesse a sofrer todo e qualquer tipo de preconceito. E por falar nisso, com a visão de destaque que a cantora ganhou no último ano, Pabllo afirma que todo ódio despejado contra ela a faz ter vontade de viver e lutar pelas causas em que acredita.

" Com a Pabllo eu me sinto forte, consigo colocar meus sentimentos para fora, e ao mesmo tempo, me sinto protegida, como se meu alter ego fosse um escudo", explica a cantora.


Ao lembrar da adolescência, a drag queen disse que se assumiu homossexual para a família aos 15 anos:

" Nunca tive namoradinha, não faz meu estilo. Contei para a minha mãe que era gay aos 15 anos e nem surpresa ela ficou, sempre me apoiou, inclusive minhas irmãs", disse.

Top Ad 728x90