27/08/2017

, , ,

Perlla merece uma segunda chance no funk?

Foto: Reprodução

Sabe, quando a Perlla anunciou que iria voltar a cantar funk, eu também torci um pouco o nariz, apesar de não externar isso. Ela falava com propriedade que jamais voltaria e isso, de certa forma, já tinha sido aceito pelo meu subconsciente.
Ainda que sua volta tenha me causado estranheza, no fundo fiquei feliz e animada, afinal, a Perlla foi muito importante num passado não muito longe do pop funk. Ela tem uma voz gostosa de ouvir, e suas músicas, ainda que meio antigas, fazem sucesso, mesmo com essa pausa na carreira.
Senti o que a maioria sentiu também, "ela só pode estar querendo aparecer, após ficar com sede e se esquecer que 'dessa água não mais beberei' ", mas resolvi olhar para os fatos de maneira mais humana e lembrei das minhas próprias escolhas. Tantas vezes mudei de opinião, e no meu caso, soou legal porque não sou famosa, não tenho que lidar com haters e críticos, o que não é o caso da Perlla.
Comecei a enxergar que mudar de lado, amadurecer e assumir novos pontos de vista, ainda que tenha esse risco da rejeição e julgamentos, esses relembrados inclusive por uma legião de fãs que se sentiram ofendidos com declarações passadas.
Posso dizer uma coisa? Compreendo vocês, por isso lá no começo do texto eu falo que torci o nariz, me coloquei no lugar de vocês.

+  Novo clipe de Sandy está recheado de positividade!
+   Apresentação mico? Mico é essa perseguição gratuita com Claudia Leitte 

Mas precisamos entender que o talento da Perlla não merece ser omitido, tantas divas atuais ouviram Perlla, e isso nos mostra a importância dela no cenário do pop funk.
Sinceramente e bem particularmente, acho que ela merece uma segunda chance, uma e exclusivamente pelo respeito que possuo pela sua história, e claro, gratidão. As músicas da Perlla são diferentes, ela começou o movimento do funk melody, e toda pessoa que consegue se destacar como inovadora, mesmo que seja mais fácil nadar de acordo com as ondas do mar, ser mais uma gota totalmente igual em meio ao oceano, ela chegou e nos apresentou algo que anos atrás nem imaginávamos que seria o gênero mais popular da música brasileira, ou você acha que Anitta, Ludmilla e Lexa simplesmente nasceram prontas?
Não é o objetivo fazer guerra entre fãs não, mas concordo com a audácia da música de retorno da Perlla, ela é a primeira e é uma rainha sim, contudo, uma rainha com uma coroa de bronze, pequena, mas que vai mostrar, sobretudo, se tiver humildade, em subir novamente cada degrau, e mostrar ao público que merece uma nova chance de conquistar uma parte desse pedestal reconstruído, merecidamente com o suor de Anitta, Ludmilla e Lexa.

Top Ad 728x90