21/09/2016

"Não escondo que fumo maconha para o meu filho", afirma Karol Conká


Foto: Reprodução



Ela está em evidência, pois tudo o que comenta vira manchete. Karol Conká, aquela que perdeu contrato com uma marca por escrever um rap considerado pesado e jogar no ar: Achou pesado? Chama a Sandy para compor então.
Você acha que isso abala a curitibana? Não!

"O meu objetivo (na música) é mostrar felicidade. Você não precisa ser triste", afirma.


Karol, que "nasceu" na internet, queixa-se um pouco do assédio, pois acha que os fãs pensam que ela só vive online, contudo, a rapper tem um filho de 10 anos e vive alguns romances por aí, onde ela mesmo entrega que passa a vassoura nos "boys" e quando volta para a web, publica fotos sensuais mesmo.

Conká não dispensa polêmicas e quando questionada ativa o modo "sincerona":

"Eu gosto de beber, de fumar maconha e transar por aí. Não escondo que fumo para o meu filho, ele sabe que um fumante de maconha pode ser um delinquente ou uma pessoa legal, depende da renda dele. Assim como uma mulher com pouca roupa pode ser uma puta ou muito foda", justifica.

Top Ad 728x90